Fome de Pele

Fome de Pele
Letra e música: Matheus Souto

Feito bebida que te molha a boca
mas não mata tua sede
é o mundo virtual
é a vida na rede

Chegando o inverno e já faz tanto frio
Meu coração congela
Porque eu não sinto o teu calor
Te olhando pela tela
Te olhando pela tela

Eu quero multidões
nem que seja nós dois

Aglomerados em frente à fogueira
Se aprochegue um pouquinho
Oi, que saudade! Aquela lua cheia
E um copo de vinho

Porque é preciso a presença do olhar
Pra que o amor se revele
É bem juntinho que queremos estar
Eu tenho fome de pele

Eu quero multidões
nem que seja nós dois

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s